Máquina de Gelo: Entenda o processo de funcionamento


Máquina de Gelo: Entenda o processo de funcionamento
Máquina de Gelo: Entenda o processo de funcionamento

Em regiões mais quentes, o gelo era um luxo raro, mas tudo mudou no início do século XX. Na década de 1960, novas máquinas automáticas de gelo tornaram a vida mais fácil.

Hoje, mesmo no verão mais quente, a maioria das pessoas tem gelo à vontade.

Neste artigo entenderemos quais são as funções internas de uma máquina de gelo. Confira!

Características básicas

De maneira geral, as máquinas de gelo usam motores elétricos, válvulas de água e unidades de aquecimento que funcionam com eletricidade. Além disso, para alimentar todos esses componentes, a máquina deve ser conectada ao circuito que alimenta o refrigerador.

Você também deve conectá-la ao encanamento do estabelecimento para fornecer água fresca para os cubos de gelo. Nesse sentido, o cabo de alimentação e o tubo de entrada de água passam por um orifício na parte traseira da máquina de gelo.

Primeiros processos

No início do ciclo, o disjuntor com um tempo definido envia corrente para a válvula solenoide de água. Na maioria dos projetos, a válvula de água está localizada na parte de trás da máquina de gelo, conectada diretamente ao circuito central por fios.

Quando o circuito envia corrente para esses fios, a carga move a válvula solenoide ocasionando a abertura. Durante o processo, a válvula abre por apenas sete segundos e pode fornecer água suficiente para encher o molde de gelo.

O molde de gelo é um dispositivo de plástico com múltiplas cavidades conectadas. Essas cavidades geralmente têm uma forma curva semicircular. Cada parede da cavidade tem um pequeno recesso, de modo que cada cubo de gelo é conectado ao cubo de gelo adjacente.

Unidade de resfriamento

Após o preenchimento do molde, o equipamento aguardará até que a água congele. A unidade de resfriamento do refrigerador é responsável por congelar a água, não a própria máquina de fazer gelo.

A máquina de fazer gelo possui um termostato embutido para monitorar a temperatura da água no molde. Quando a temperatura cai para um determinado nível (por exemplo, -13 ° C), o termostato fecha o circuito.

Ciclo final

Fechar o disjuntor faz com que a corrente flua para a mola de aquecimento sob a máquina de gelo. Depois que a mola for aquecida, ela aquecerá o fundo do molde de gelo, liberando o cubo da superfície do molde.

O compartimento giratório tem um came de plástico com fenda como base. Antes de remover os cubos de gelo do mecanismo de fabricação de gelo, o came fixará e levantará o braço ejetor.

Depois que o cubo sai, o braço cai novamente. Ao atingir a posição de descanso mais baixa, ele toca um disjuntor que aciona a válvula d’água e reinicia outro ciclo. O gelo está pronto!

Bacana, né? Se você quiser saber mais sobre este processo, é só nos procurar!

Quer aproveitar para aprender essas e outras dicas?

Venha conhecer nosso CURSO DE TREINAMENTO EVEREST!

O conteúdo é imperdível para quem quiser conhecer mais ou se reciclar sobre a

máquina de gelo Everest.

Além disso, o aluno aprenderá a realizar procedimento de verificações, sintomas e a executar a manutenção, além de aprimorar seus conhecimentos.

Este curso é indicado para todos que estejam interessados em aprender mais sobre este equipamento.

DESDE 1987 – GRUPO CLAUWAN – Máquina de Gelo: Entenda o processo de funcionamento

Grupo Clauwan atende o mercado de Maquina de Gelo Everest.

Saiba Mais!

Entre em contato conosco via WhatsApp clique aqui!

📲 (21) 99139-5435
📞(21) 2577-3348
📧 comercial@clauwan.com.br
📍 Rua Teodoro da Silva, N.º 483 – Vila Isabel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *