Como fazer um bom café: 7 erros que você (provavelmente) comete

 

O Brasil não é apenas um dos maiores exportadores de café do planeta, mas também um dos principais consumidores. Muitos países adoram o café brasileiro, afinal, fazer um bom café é quase uma arte, não é? Mas, e quando se esbarra com aquele café intragável por aí?

Isso ocorre porque nem sempre a preparação é ideal e pode estragar o aroma e o sabor do café. Quer conferir algumas dicas sensacionais de como fazer café no capricho? Então, vem com a gente e nunca mais tenha uma experiência tão frustrada quanto beber uma xícara de café ruim!

Como fazer um bom café? Confira dicas para acertar sempre!

Preparar uma garrafa de café não é uma tarefa tão complicada, só que há alguns hábitos que podem deixar a bebida ruim, assim como há truques que podem ajudar a extrair o melhor dos grãos. Provavelmente, todo mundo deu algumas escorregadas, mas esse é o momento de deixar isso para trás! Quer saber como fazer café mesmo? Confira quais os 7 pecados capitais durante a preparação e como não cometê-los mais!

1 – NÃO TER CUIDADO COM  A ESCOLHA DA ÁGUA

Uma falha corriqueira na hora de fazer o café é a falta de critério na utilização da água. Você tem o hábito de colocar o bule debaixo da torneira e esperar encher? Essa é a ação mais comum realmente, só que pode não ser a melhor.

Se esta água possui muito cloro ou alguma impureza, a qualidade da bebida será comprometida. Neste caso, o ideal é colocar água mineral ou água filtrada no seu cafezinho. Dá pra notar a diferença!

2 FERVER A ÁGUA

Não é indicado que o seu café seja preparado com a água em ponto de fervura. Quando isso acontece, o líquido fica sem oxigênio e pode danificar o gosto da bebida. É recomendado colocar água no momento que passa a ter borbulhas. Assim, você deve desligar o fogo prontamente e começar a filtragem!

3 – NÃO SABER ESCOLHER O PÓ DE CAFÉ CORRETO

Como fazer um bom café sem um pó de excelência? Afinal, nem todo mundo tem a vantagem de usar café moído na hora, né? A solução é ter cuidado quando for comprar o seu pó de café. É preciso levar alguns pontos em consideração:

♦ Marca

Escolha uma marca que tenha o selo de pureza da Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC). Essa classificação assegura que a origem do café é de boa qualidade e que o seu item não possui elementos sólidos, como, por exemplo, mato, insetos, entre outros. Esse detalhe deve ser facilmente percebido na embalagem da mercadoria.

♦ Tipos

Há diversos tipos de café no mercado nos dias de hoje: o tradicional, o forte, o orgânico, o suave, o gourmet e até o da fazenda. É preciso avaliar as suas opções e optar pelo que mais agrada ao seu paladar.

♦ Embalagem

Como fazer café saboroso também exige um poder de observação. Por isso, você deve analisar cuidadosamente a embalagem do seu café, uma vez que os itens embalados a vácuo mantém o aroma e o sabor do café por mais tempo.

♦ Armazenamento

Onde você costuma deixar o pó de café depois de aberto? É indispensável conservar o produto em um recipiente metalizado, fechado e até na geladeira. A geladeira é indicada para manter as características originais do produto.

4 – COADOR DE TECIDO OU FILTRO DE PAPEL? 

Há aqueles que defendem que o café fica mais saboroso quando passa por um coador de pano, já que o tecido de algodão não conta com pigmento, não modifica o gosto e tampouco solta fiapos. No entanto, essa tese não tem muito embasamento na prática.

Afinal, o filtro de papel é formado totalmente por fibras celulósicas, que também não provocam perda alguma no gosto e no visual do café. Deste modo, é indicado adotar o filtro de papel devido a facilidade e limpeza.

5 – COLOCAR AÇÚCAR NA ÁGUA

Como fazer um bom café não exige a colocação de colheradas de açúcar na água, não. Esqueça essa prática! A verdade é que o açúcar até deveria passar longe do cafezinho nosso de cada dia, porque acaba alterando muito o gosto da bebida. Até o adoçante deveria ser banido!

Só que você pode gostar de uma xícara de café bem docinho. Realmente, é difícil resistir a colocar aquela colherada extra! Neste caso, a dica é adoçar a bebida depois de pronta. Quando colocado na água o açúcar altera o ponto de ebulição do líquido e o café pode se transformar em um verdadeiro xarope. E ninguém quer beber algo assim, né?

6 – RECICLAR O CAFÉ

Sabia que tem gente que recicla o café? Isso mesmo! Algumas pessoas acabam misturando o restinho de café velho com o que foi feito na hora. E essa medida pode gerar um desperdício, além de um gosto horrível na sua boca!

É importante salientar que reutilizar o café pode causar uma bebida áspera, amarga e danosa ao seu bem estar. Isso acontece porque o café reciclado tende a estar oxidado e não é nada bom para o organismo. Café bom mesmo é café feitinho na hora!

7 – ERRAR AS MEDIDAS

Como fazer um bom café também passa pela realização de alguns cálculos. Para chegar a bebida perfeita, use cinco ou seis colheres de pó (variando de acordo com a sua preferência por café mais forte ou fraco) a cada litro de água. Assim, você tem um café proporcionalmente maravilhoso e do jeitinho que adora!

Até aqui você conferiu o passo a passo sobre como fazer café, mas sabia que há como automatizar tudo isso com um simples clique e garantir que um café perfeito sempre?

Entre em contato com a gente e garanta já sua máquina de café automática!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *